Instituto Durmstrang
É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome se quiser ter a conta ativada, não ativaremos nomes comuns utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Sala dos Monitores

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sala dos Monitores

Mensagem por Nerida Vulchanova em Dom Set 06, 2015 9:12 pm


SALA DOS MONITORES

A sala dos monitores, por outro lado, mantém um certo nível de seriedade. Reformada a partir de um antigo armário de vassouras devido ao baixo orçamento (visto que revestir um andar inteiro de fios de ouro não é barato), é alvo constante de reclamações dos seus ocupantes, por ser demasiadamente apertada. Essa sensação é acentuada pela parede ocupada por arquivos que contêm as fichas e históricos de infrações de cada aluno que já passou por Beauxbatons. Revoltados com a situação, os monitores criaram a "caixinha do suborno", onde alunos desesperados podem depositar sua contribuição, em troca de uma detenção ou outra sumir de suas fichas. Em tese, a renda deveria ser revertida para aumentar a sala, mas costuma ser gasta em happy hours na taberna. Um encantamento impede a entrada de qualquer um que não esteja usando o distintivo de monitor..




* NERIDA VULCHANOVA *
FUNDADORA DO INSTITUTO DURMSTRANG - STAFF MASTER




BULGARIA LADY
INSTITUTO DURMSTRANG
-----------------------

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala dos Monitores

Mensagem por Tessa S. Lavrov em Dom Abr 24, 2016 4:30 pm

Naquela belíssima manhã, a brisa refrescante soprava pelos corredores do castelo dando ao local uma excelente temperatura ambiente. Caminhando pelos corredores bem encerados eu podia escutar o barulho de meus sapatos ao tocarem no chão. Se eu fosse uma pessoa sortuda, eu teria todo aquele maravilhoso dia para me enterrar na sala de jogos e sair de lá apenas para tirar uma pequena soneca destinada ao meu descanso antes de as coisas se transformarem em uma bagunça na manhã posterior. No entanto, dentre todos os monitores de Beauxbatons eu fora a escala para ser presa naquela sala abafada e minúscula destinada aos monitores.

Se alguns discentes acreditavam que, se tornar um monitor de sua casa trazia consigo prestígio e privilégios esse tipo de pensamentos se evaporariam ao conhecer aquele lugar. Colocando meu lenço perfumado sob meu nariz, abri a porta da saleta adentrando-a. -Limpeza- anunciei movimentando minha varinha, antes de me sentar em uma das cadeiras da mesa ao centro da sala. Meus dedos batucavam sob a mesa dominados pelo tédio, quando uma leve batida na porta se fez presente. Soltando um pequeno suspiro de alivio, ajeitei minha postura na cadeira e ordenei que a pessoa adentrasse a saleta. Geralmente não recebíamos visitas por ali, e quando alguém resolvia aparecer era unicamente com o intuito de negociar uma exclusão ou outra de sua ficha de detenções.

A detenção poderia ter sido feita, mas o pequeno infrator se via na necessidade de esconder essa infração, devido a algum motivo sem noção do qual eu não obtinha nenhum interesse. Confesso, que no inicio quando me disseram o que deveria ser feito, como deveria ser negociado, achei a coisa toda completamente anti-ética. No entanto, devido as circunstâncias eu concordara em participar daquele esquema. Uma garota não muito mais velha que eu, cabelos castanhos, olhos de mesma cor e altura mediana adentrou a sala aparentando bastante nervosismo. Cruzei as mãos a frente de meu corpo, logo após indicar a cadeira a minha frente. -O que deseja?- questionei em um tom de voz despreocupado ajeitando minhas vestes.

-B-bom, é que eu....- começou a garota adquirindo uma tonalidade avermelhada enquanto colocava um saquinho com alguns galeões na mesa. -Nome?-questionei pegando o saquinho para observar a quantia. Cerca de 30G$ se encontravam ali dentro, o suficiente para uma infração de médio porte. -Andrew Horst, 4º ano, meu primo- murmurou abaixando a cabeça. -Geralmente, negociamos com o próprio infrator, abrirei uma exceção pra você apenas dessa vez- levantei-me da cadeira de madeira revestida por um tecido avermelhado almofadado, colocando o dinheiro no cofre dos monitores. -Você sabe, ter entrado aqui sem um distintivo já foi um ato de infração, nem tente espalhar o que ocorre aqui, você não tem ideia de como isso funciona- murmurei despreocupadamente procurando pela ficha de nosso infrator.

Ao encontra-la, puxei a ficha abrindo-a enquanto voltava a ocupar minha cadeira. -Muito bem, qual delas?- questionei pegando minha varinha de dentro de minhas vestes. -A a a, ultima- gaguejou mordendo seu lábio inferior. -Tudo pronto- murmurei após limpar essa infração do registro. -Pode ir agora- anunciei apontando para a porta enquanto voltava a ficha para seu lugar. A porta foi aberta e fechada em uma rapidez impressionante, e novamente eu fui deixada na solidão daquele armário de ratos. Que provavelmente jamais deixaria de ser, afinal o dinheiro ganho dificilmente seria utilizado para melhorias naquele muquifo. Segundo o monitor chefe, muita água tinha que correr e havia muita diversão para ter.
avatar


Registro Bruxo
Casa: Noble
Habilidade: Ocluador, Avarador
Galeões: 3.000
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala dos Monitores

Mensagem por Valquíria Klov Land em Ter Jun 14, 2016 10:15 pm


Dia dos Namorados

O dia dos namorados parece deixar todos eufóricos, e os sapos cantores reuniram-se com os alunos do coral para fazer uma pequena surpresa. Aqueles que desejassem agora poderiam estar enviando presentes e cartas anonimamente, ou não, a pessoas queridas, e elas seriam entregues com direito a serenata e tudo. Então, se um deles se aproximar de você é provável que você tenha recebido um presente e tanto, ou quem sabe um fora daqueles. Talvez um amigo tenha lhe trolado, mas não importa no fim das contas você vai ganhar sim uma chama de atenção, seja nos corredores, no jardim, na sala de aula, qualquer lugar que se encontre, onde eles te acharem você vira alvo fácil. Rosie encontra-se perdida nos próprios pensamentos quando dois alunos se aproximam cantando, os sapos em mãos formulando barulhos que soam como melodia, eles tem uma cesta na mão livre, uma bolsa pendurada e encantada presa ao lado do corpo, sorriem enquanto fazem sua pequena apresentação. Ao fim dela te entregam o embrulho e uma pequena carta, e isso indica que você acabou de receber seu presente, é dia dos namorados, então, nada mais digno certo? Não esqueça de agradecer seu amigo, mande de volta aquele recado especial, afinal ele teve tanto trabalho pra te enviar esse presente que um abraço e um simples obrigado podem não ser suficiente.






Valquíria Klov Land

Nunca saberemos o quão forte somos...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala dos Monitores

Mensagem por Hanna M. Belshoff Park em Sex Mar 31, 2017 11:33 am


Monitora? Eu????

O que ta acontecendo nessa escola?
Tudo bem, era um convite meio bizarro, mas não totalmente incomum. Para Hanna um tanto surpreendente, ela não era exatamente um destaque nas aulas – mas inteligente naturalmente – também não era a aluna com o melhor comportamento, gostava de comer, pular, brincar... qualquer coisa que tivesse a palavra diversão no meio. Foi surpreendentemente estranho quando a convidaram para a monitoria, mas Hanna sendo uma loira fabulosa não pensou muito em aceitar. A jovem coreana não sabia no que aquilo poderia acarretar, não sabia o que significava e nem o que poderia lhe trazer, não tinha senso de responsabilidade e certamente ajudaria todos os alunos a burlarem as regras.

Certamente os professores sabiam disso quando lhe escalaram, certo? Errado, eles eram todos ingênuos em acreditar naquela garota travessa. Hanna tinha conhecido a sala dos monitores a pouco, até então uma ala completamente proibida para ela, gostava de saber disso, do acesso que tinha em todas as alas do castelo, de poder andar e perambular livremente durante a noite. Tudo isso significava que a geladeira seria assaltada com mais frequência, e que seu companheiro de crime – Bae, seu melhor amigo – sairia ileso da travessura, assim como ela.

Ela estranhamente satisfeita com o cargo, se sentia nas nuvens, até.... que uma pilha de tarefas foi disposta a sua frente, e um trilhão de regras veio junto com as obrigações. O sonho acabou muito rápido, para ser sincera não durou muito mais que 24 horas, e agora ali estava ela, preenchendo relatórios e formulários sobre fugitivos, aplicando advertências sobre alunos – que assim como ela saiam um pouquinho da linha – e morrendo de fome. Sua vida tinha se transformado em uma completa tortura, e seu sonho tinha sido atirado pelos ares como um vulcão em erupção, mas no fim das contas talvez – só talvez – aquilo fizesse algum bem para ela. Hanna ainda não sabia, mas tinha acabado de adentrar em um mundo completamente novo.

avatar
Monitor de Beauxbatons


Registro Bruxo
Casa: Noble
Habilidade:
Galeões: 800
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala dos Monitores

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Contato

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum