Instituto Durmstrang
É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome se quiser ter a conta ativada, não ativaremos nomes comuns utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[FP] Erick J. Bryan

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Erick J. Bryan

Mensagem por Erick J. Bryan em Seg Jun 19, 2017 12:35 am

Erick Jamie Bryan
28 — Bruxos das Trevas — Bruxo — Shiloh Fernandez

DADOS IMPORTANTES
Cargo desejado » Comensal

País atual » Inglaterra

Habilidades » Nenhuma.

DESCRICÕES
Descricão psicológica » Frio, calculista, um tanto imprudente quando irritado, algo que acontece facilmente, e desaforado. Mas há ocasiões em que ele consegue ser razoavelmente astuto.

Biografía » Erick é filho de Edward Bryan e Olga Jamie, respectivamente comensal e medibruxa, mortos por trouxas quando ainda tinha cinco anos. Desde então, foi criado por um casal de bruxos apostadores e bêbados, talvez a maior razão para que hoje ele seja como é. Com seu pai adotivo, aprendeu a pilotar motos melhor do que a maioria. Já sua mãe adotiva o ensinou a planejar, a jogar e a enganar, mentir com maestria. Em Hogwarts, foi escolhido para a casa de Sonserina sem que o chapéu sequer encostasse em sua cabeça, apenas por pairar sobre ela. Mesmo sendo do tipo que brigava bastante, batendo ou apanhando, Erick mantinha ótimas notas e só não foi convidado a ser monitor por conta das inúmeras desavenças com os colegas, sobretudo os da Corvinal. Quando se formou, cogitou trabalhar no ministério da magia britânico, mas viu se repetir a tragédia ao perder seus pais adotivos novamente para os trouxas. Isso reacendeu o ódio em seu peito contra as organizações bruxas que, na visão dele, mais protegiam os "sangues ruins" do que seu próprio povo. Desacreditado, sem esperanças de conseguir mudar as coisas sozinho, encontrou na dama das sombras a oportunidade de fazer o que achava ser correto.

TESTE DE AÇÃO
Descrição » É preciso que você narre o seu personagem no cargo desejado, minimo de 20 linhas.

Missão 3:


Não estávamos de bom humor com a falta de missões, nem eu, nem minha varinha, muito menos minha espada embainhada na cintura que eu sempre carrego. E nesta noite, eu teria que cumprir a tarefa de vigiar o esconderijo, que sempre se mostrava um tédio agonizante. A lua cheia ajudava bastante, uma vez que usar qualquer outro meio de iluminação poderia atrair a atenção de curiosos ou até inimigos. O satélite ajudou tanto que vindo da direção da floresta, surgiu um contorno e ao me dar conta disso, estreitei o olhar na tentativa de enxergar melhor a pessoa, que correu ao notar minha presença.

-Miserável! - disse feroz e comecei correr na direção do sujeito.

Com a mão no punho da espada para que não chacoalhasse tanto, usei a outra para sacar a varinha, apressei os passos e tomei um atalho, já conhecia a floresta melhor do que qualquer forasteiro e tinha o terreno a meu favor. Feliz nessa escolha, acabei diante da pessoa que revelou ser um homem bem vestido, de rosto familiar; tratava-se de um auror que há pouco tempo saiu no Profeta Diário graças a uma confusão no Três Vassouras.

-Levicorpus! - proferi apontando a varinha para o maldito auror.

-Liberacorpus! - defendeu-se o inimigo e sem perder tempo me atacou - Estupefaça!

-Desino Lacesso! - me defendi, agindo rápido com a mira em sua cabeça - Deprimo!

-Carpe Retractum! - fugiu ele do trajeto ainda mais rápido e agora segurava no tronco de uma árvore, lançando flechas em mim com "Spiculums ardens" de maneira não verbal.

Por minha vez, conjurei através de "Conjurius Army" um escudo de aço redondo com alças do lado interno que receberam minha mão livre e rapidamente me defendi das flechas, Em contra ataque, lancei contra o auror, de forma não verbal o feitiço "Petrificus Totalus" e este acabou na dúvida.

-Protego! - tentou ele antes de cair paralisado entre as folhas secas.

Tinha conseguido ganhar o duelo, mas não guardaria a varinha ainda, só o escudo. Precisei ter a mão desocupada para sacar a espada, andando até o pobre infeliz que teve a má sorte de cruzar comigo justamente em uma noite de mal humor. Chutei a varinha de sua mão para quatro metros de distância, empunhei a espada com ambas as mãos e ergui para ao alto, um pouco atrás da minha cabeça. Um sorriso demoníaco me veio à tona, depois de semanas consegui recuperar o brilho assassino no olhar. Baixei violentamente a lâmina e decepei a cabeça do infeliz que devido ao forte impacto, afastou-se uns cinco centímetros do pescoço que esguichava sangue. Dei alguns passos e apanhei do chão a varinha do finado, guardando ela comigo. Em seguida espetei seu crânio com a ponta da espada. Depois usei "Conjurius Army" para conjurar uma grande toalha vermelha e enrolei o corpo nela, ficando mais fácil carregá-lo sobre o ombro sem me sujar. A cada dez passos, eu deixava o corpo no chão, pegava a varinha e usava o feitiço "Homenum Revelio" de maneira não verbal, não estava afim de ser pego desprevenido, porém já não havia mais lixo a ser coletado. Retornei dessa forma cautelosa ao esconderijo, imaginando se a dama das sombras teria alguma utilidade para aquele verme ou sua cabeça que se já era feia, agora estava horrível.
avatar
Comensais da Morte


Registro Bruxo
Casa:
Habilidade:
Galeões: 2.300
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Erick J. Bryan

Mensagem por Antonieta Marlovisk em Seg Jun 19, 2017 12:46 am

Ficha Aceita


antonieta marlovick dama das sombras

give it to me, oh baby
avatar
Ministra da Magia Russa


Registro Bruxo
Casa: Haus Land
Habilidade: Oclumente e Legimente
Galeões: 75.202
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum