Instituto Durmstrang
É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome se quiser ter a conta ativada, não ativaremos nomes comuns utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[FP] Cassandra Halvorsen

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Cassandra Halvorsen

Mensagem por Cassandra Halvorsen em Sab Maio 20, 2017 11:23 pm

CASSANDRA HALVORSEN
11 ANOS — ESTUDANTE — BRUXO — ELLE FANNING

DADOS IMPORTANTES
Habilidade desejada » Meio-veela.

Motivo pelo qual deseja a habilidade » Estou escolhendo essa habilidade por causa da trama e porque adoro as velhinhas *-*.

TESTE DE USO DE HABILIDADE
A jovem McCartney encontrava-se no tellhado, era super fácil chegar até ali, até mesmo para uma criança de sete anos. Cassandra costumava pular a janela de seu quarto sempre que precisava ficar sozinha.
Sentada de joelhos dobrados, a jovem abraçava os mesmos com tanta força que ela chegava sentir seus braços doer por tentar colocar todo sentimento ruim que estava atormentando a pobre garota.
Lágrimas rolavam sob sua pele branca, Cassandra não conseguia se conformar, perder sua mãe com certeza era um trauma e tanto.
-Cassandra, me perdoe!- Disse seu pai pulando a mesma janela que a garota havia pulado. -Tentei de todas as formas salva-la...- Disse sentando-se do seu lado.
A jovem menina fitou diretamente os olhos de seu pai, eles estavam inchados e vermelhos, a garota sentiu um aperto no coração, abraçou-lhe apertando o pescoço.
-A culpa não foi sua...- Disse afastando-se e enxugando as próprias lágrimas com a mão. Cassandra tinha certeza absoluta que seu pai havia realmente tentando salvar sua mãe, mas nem todo o seu conhecimento de medibruxo foi o suficiente.
-Você é tão linda quanto ela, sabe...- Ouviu seu pai dizer enquanto acariciava seu rosto com as pontas dos dedos.
-Obrigada, papai.- Respondeu abrindo um pequeno sorriso ao se lembrar da imagem da mãe.
-Minha pequenina veela...- Cassandra ouviu ele sussurrar. -O fogo que arde dentro do seu corpo é o mesmo que o dela.- Ela pode notar o brilho no olhar de seu pai, ela sabia que ele havia chorado horrores, mas ainda havia mais lágrimas que insistiam em rolar sob a face clara do homem.
-Uma parte dela vive dentro de você, o fogo as une.- Sussurrou e logo em seguida deu um beijo amoroso na testa da menina.
Cassandra havia perdido sua mãe, mas podia jurar que conseguia sentir a mesma próxima de si.
[...]
Depois de sua mãe Atena ter morrido em um acidente trágico, seu pai comprou uma casa em Oslo, na capital da Noruega. Ele havia dito para as irmãs Halvorsen que dariam um tempo daquele lugar e começariam uma vida nova em Oslo, junto dos trouxas.
Ao acordar Cassandra notou que seu lindo sobretudo que havia pedido para Safira separar não estava em sua poltrona, como de costume.
“Deve ser porque ainda estou com esse maldito pé torcido.” Pensou pegando um pequeno espelho em seu criado-mudo, sua imagem no espelho estava cabisbaixo, seus olhos com olheiras, ela ainda chorava pelo ocorrido de um mês atrás.
-SAFIRA!- Gritou, não por desrespeito com a trouxa, mas pelo fato de ter possibilidade da mesma estar em um cômodo distante do quarto da jovem meio-veela. Cassandra ouviu duas leves batidas na porta.
-Pode entrar, Safira.- Disse a jovem colocando suas pantufas. –Bom dia, gostaria de saber porque não trouxe meu sobretudo essa manhã, pensei que havia me dito que ele estaria lavado e seco.- Falou educadamente.
-Pequena, seu pai ordenou-me a não deixar você sair hoje para brincar, a neve está muito escorregadia e você sabe muito bem o que aconteceu ante ontem.- Disse em um sotaque enrolado, observando o pé da menina de longe.
-Mas Safira...- Disse a garota fazendo biquinho.
-Não faça essa cara, pois posso perder meu emprego.- A trouxa cruzou o braço em discordância.
-Safira, eu sou uma garotinha muito bem educada, ficarei apenas no balanço, por apenas 30 minutos.- Pediu com uma vozinha dócil.
-Eu não sei porque não consigo resistir aos seus encantos.- Disse Safira suspirando. –Você pode, mas apenas 15 minutos.- Falou com rigidez.
Cassandra abriu um sorriso e deu um forte abraço na barriga da trouxa.
-Obrigada!- Disse
-Vamos lá buscar o seu sobretudo.- Falou Safira saindo do quarto em direção a lavanderia com Cassandra.
avatar
Haus Luft

Idade : 18
Localização : Oslo, Noruega - Instituto Durmstrang

Registro Bruxo
Casa: Haus Luft
Habilidade: Meia-Veela
Galeões: 800
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Cassandra Halvorsen

Mensagem por Nerida Vulchanova em Ter Maio 23, 2017 8:53 am

Ficha aceita


* NERIDA VULCHANOVA *
FUNDADORA DO INSTITUTO DURMSTRANG - STAFF MASTER




BULGARIA LADY
INSTITUTO DURMSTRANG
-------------------

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum