Instituto Durmstrang
É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome se quiser ter a conta ativada, não ativaremos nomes comuns utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Aulas de Transfiguração

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Aulas de Transfiguração

Mensagem por Amáble Von' Rizzi em Dom Jan 22, 2017 4:47 pm



Transfiguração
Se transformar é uma arte, transfigurar faz parte.

Introdução

Bom dia, tarde, noite ou madrugada caros alunos do primeiro ano, é com muita alegria que recebo todos vocês. Sou Amáble Von' Rizzi e serei sua “tia” de transfiguração este ano. Não sou muito de meios termos então vamos direto ao ponto. Seja dedicado, faça as tarefas, preste atenção na aula e jamais maltrate um colega, com essas pequenas coisas e um pouco de esforço terão sucesso na minha matéria. Então se querem ganhar destaques em minha aula, sejam um destaque e façam por merecer. 

Beijokas, titia ama vocês.

Personagem

Os passos apressados da loira tocavam o chão do grande castelo com certa violência. Amáble estava meramente atrasada para sua aula e atrasos era uma das coisas que a deixava bem irritada. A loira fitou rapidamente o relógio fino e delicado que se encontrava em seu pulso direito, notou que faltava cerca de 10 minutos para o inicio da aula, no momento em que a mesma adentrou a sala. Era uma manhã chuvosa e contudo era possível ouvir as gotas de água tocarem a janela da sala que estava repleta de crianças.



Teoria



Transfiguração o que é? De onde vem?


Transfiguração é o ramo mágico que estuda as transformações materiais e a capacidade de conjurar e encantar objetos. Diferentemente dos feitiços e encantamentos comuns, como azarações, necessita de o movimento exato da varinha, para se ter considerável chance de sucesso.

Estes ramos são carteados, a principio, em dois grandes blocos de conhecimento. O primeiro bloco trata do campo destransformações, que, como o próprio nome diz, versa sobre as mudanças que um corpo (seja ele animado ou inanimado) sofre; e o segundo trata do campo da criação e do desaparecimento, que permite o bruxo conjurar, desaparecer, duplicar e iludir objetos.

Os feitiços de Transfiguração foram criados há muito tempo por uma bruxa chamada Circe, que viveu numa ilha grega chamada Aeaea, onde ficou famosa por ser uma grande transfiguradora. As artes de transfigurações é uma das artes primordiais da magia, desde os relatos mais antigos sobre magia, existem ligações com transfigurações, que é uma das magias mais simples, descobertas e usadas pelos povos bruxos antigos. Os Celtas foram uma das primeiras e mais notórias nações a usar a magia de transfiguração, transformando principalmente pessoas em animais.

Logo os Celtas foram os responsáveis por boa parte do aperfeiçoamento e também pela proliferação desta arte que acabou sendo uma das mais conhecidas pelos trouxas pelo abuso e uso excessivo que os celtas faziam desta magia.

O oposto de Transfiguração é Destransfiguração, quando o bruxo transfigura um objeto naquilo que ele era antes de ser transfigurado.

A Transfiguração é uma disciplina muito importante para o conhecimento de um bruxo. Dentre as inúmeras artes mágicas que existem atualmente, a Transfiguração é uma das mais antigas do mundo. Outras utilidades dos feitiços de transfigurações são, por exemplo, camuflagem e disfarce, mas isso estudares mais profundamente em outros capítulos.


Missão


Já era fim de tarde, essa seria a ultima aula do dia, os alunos já estavam cansados, o que era visível em seus rostos. Amáble se encontrava a explicar a atividade prática do dia:

Para todos os alunos, fora entregue uma caixinha de madeira, totalmente em branco, na qual deveram colorir usando o feitiço " Colore". Para que se cheguem ao objetivo é importante pronunciar o feitiço mais o nome da cor em latim. Exemplo: "Colore Albus" (Albus é branco em latim), e objeto  ficará da cor desejada. Amáble ainda explica que para s ter bom resultado é importante que os alunos tenham em mente como deseja que seu alvo fique após a aplicação do feitiço (imaginando claramente o tom da cor). Ela também demonstra a forma correta que se deve usar a varinha, aonde a mesma deve ser apontada para o objeto e em seguida deve-se fazer uma linha em diagonal da esquerda para a direita (para cima) e em diagonal de cima para baixo, formando assim um triangulo sem base. Durante o movimento deve-se pronunciar o feitiço. A medida que os alunos foram terminando com a sua atividade a mesma os deixavam se retirar da sala levando consigo a caixa.

CORES EM LATIM:
Essas cores podem ser utilizadas na aula, caso queiram alguma diferente fiquem a vontade.



Regras e Informações adicionais.


• Mínimo de 15 linhas, e sabemos que esse número é irrelevante, pois sei que são capazes de fazer coisas grandiosas, então coloquem a cabecinha para funcionar.

• Vocês poderão falar, e interagir comigo, podem criar falas e ações, desde que não tirem minha personalidade dos eixos. Eu gosto de pessoas criativas, mas também gosto de postagens reais e sem absurdos.

• O prazo de resposta é de um mês a partir da data de hoje, ou seja, o prazo final é dia 22/02/2017 a meia noite.

• Dúvidas e sugestões de melhoria podem ser me enviadas via MP, ou chatbox.

• Não utilizem templates berrantes, que apresentem cores como vermelho vivo, amarelo neon, verde limão e etc. Também não coloquem fonte menor que 12, ou aqueles templates minúsculos com menos de 500 px de largura, ou descontarei pontos por prejudicarem a minha leitura.

• Boa aula a todos, e divirtam-se.




— Amáble Hellena Forchhammer Von' Rizzi
A brown piano settled on one side; In the corner of my childhood house, A brown piano settled on one side; I remember that moment, Way taller than my height, The brown piano that guided me; I looked up to you, I yearned for you When I touched you with my small finger; I feel so nice, I feel so nice;
first love.
avatar
Servidor Ministerial Russa

Localização : Instituto Durmstrang - Russia

Registro Bruxo
Casa: Haus Feue
Habilidade: Meio Veela
Galeões: 97.820
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aulas de Transfiguração

Mensagem por Kestrel R. Cavendish em Sex Fev 17, 2017 8:35 pm

☾ transformatus ☽
I’m in the foreign state My thoughts they’ve slipped away My words are leaving me They caught an airplane Because I thought of you Just for the thought of you




       Ergui o queixo em direção ao céu que em tons de cinza convidava a ficar mais um pouco a beira do lago apesar do friozinho outonal que anunciava a chegada iminente do inverno búlgaro. Do que adiantava tudo aquilo, afinal? Escola e essas coisas, é tudo tão inútil quando penso na condição de vida que vivo. Não que eu não tivesse conforto, não que eu tivesse realmente do que reclamar, já que estudava em uma boa escola, tinha uma boa casa e um pouco mais de ouro que muitas crianças… Mas o fato de ter um irmão que me odiava, o fato de nunca ter conhecido meu pai e ter visto mamãe morrer diante de meus olhos. Embora fosse jovem, essas coisas me faziam pensar se realmente valia a pena todo o esforço para aprender essas coisas, eu realmente não tinha nada ou ninguém a perder.

       Levantei-me da grama macia e coloquei a mochila sobre as costas. Não vou dizer que chamei algum amigo que me seguiu calmamente até o castelo, pois isto seria uma mentira deslavada (risos). Portanto, ao alcançar a entrada da grande e sombria instituição, adentrei sem dizer palavra. Outros alunos seguiam para as últimas aulas da tarde, atravancando o caminho com lamúrias e reclamações sobre como já estavam cansados embora ainda fosse a primeira semana de aulas em Durmstrang. Meus livros pesavam em minha mochila, bem como minhas pernas que se arrastavam sem vontade pelos corredores até alcançar a sala na qual teria a aula de Transfiguração. O docente ainda não havia chegado e algumas crianças já haviam tomado seus lugares, lá fora a chuva começava a fustigar as janelas audivelmente, no que peguei-me sorrindo ao imaginar o banho que teria tomado se tivesse permanecido à beira do lago. “Olá Eileen…”, murmurei para a loirinha que também adentrara o local comigo, havíamos nos apresentado algumas semanas atrás no castelo dos Von’ Rizzi. Francamente ainda tinha um pouco de timidez diante deles, aquela gente era rica e importante demais para minha pobre pessoa.

       Uma mulher loura e alta adentrou a classe alguns minutos após eu tomar um lugar mais ao fundo da classe. Sua postura era difícil de explicar, obviamente era o tipo de pessoa que estava acostumada a ter a atenção dentro da sala, fosse no lugar que fosse, sua voz soava firme e seus gestos e maneirismos tranquilos (naturalmente era uma Rizzi). Lembrei-me de ter visto algo nesse sentido há algum tempo, só não me recordava onde... Percebi ao redor os olhares dos outros alunos, principalmente o dos meninos, que a olhavam como se estivessem hipnotizados… Não posso dizer que a elegante professora não possuísse certa influência sobre mim, pigarreei abaixando os olhos, ouvindo-a com atenção enquanto anotava alguns pontos do que ela dizia. Ergui os olhos, fitando Eileen por um instante. Foi ali que eu vi aqueles traços. “Vocês são parentes?”, sussurrei sem pensar, cutucando o braço da menina com uma pena, vendo-a corar violentamente com a pergunta.

       Amáble falava rápido, embora se fizesse entender. A parte teórica, não vou mentir, era bem chata e longa, ainda mais por ser a última aula do dia. A chuva caía ainda mais forte do lado de fora, me fazendo pensar em como seria bom estar no dormitório, em uma confortável poltrona ante a lareira, uma caneca grande repleta de leite morno com canela entre minhas mãos. Mas… Como todos sabem, querer não é poder. Então voltei ao presente, desfazendo-me penosamente de minhas divagações, sentindo o cheiro de canela ficar mais distante enquanto apanhava minha varinha e praticava o movimento que a docente nos indicara. Pela primeira vez notei a caixinha sobre a mesa, era uma peça bonitinha, do tipo que eu usaria para colocar minhas bijuterias alegremente. Olhei ao redor, observando os outros alunos acenarem com as varinhas ao sinal da srta. Von’ Rizzi, bradando ou sussurrando o feitiço que era algo aparentemente fácil.

       Olhei a caixinha por um longo tempo, tentando imaginar a cor que precisava e queria que ela se transformasse. Pigarreei e movi o punho no sentido indicado pela mulher, dizendo em um tom de voz firme, embora baixo, “Colore ostrum.”, mentalizando que o objeto se tornaria um lilás suave. Obviamente que nada aconteceu. Continuava com a mesma aparência de madeira clara e lixada, embora sobre a tampa uma manchinha azul clara tivesse aparecido passados alguns segundos de contemplação… Era isso ou o cansaço me pregando peças.

       Efetuei o movimento uma vez mais, novamente dizendo o feitiço em tom de ordem, desta vez concentrando-me mais na tarefa, esquecendo as coisas a nossa volta. “Colore ostrum.”, disse e esperei. Aos poucos, como se houvesse sido derramada tinta sobre o objeto, ele começou a tornar-se lilás claro, manchado em alguns lugares, mas definitivamente lilás. Sorri ao ver o trabalho mal acabado, um pouquinho orgulhosa de mim mesma. Pigarreei uma vez mais e ordenei: “Colore rosea.”, mentalizando a cor de uma das paredes de meu antigo quarto, que tomou conta da caixinha, em um rosa pálido. “Professora? Pode vir até aqui?”, pedi, ao que a mulher assentiu uma vez e veio até o meu assento, olhando minha caixinha por um instante. “Só queria te mostrar o… trabalho. Se estiver tudo bem.”, pedi ouvindo sua permissão enquanto ela desviava o olhar novamente para o objeto sobre a mesa e cruzava os braços. Deveria eu me sentir tão intimidada? Balancei a cabeça uma vez, a fim de afastar tais pensamentos e murmurei, “Colore olivam.”, mentalizando a cor de minha casa, que tingiu a caixinha mais rapidamente desta vez.

       Com um sorriso de aprovação a mulher anotou algo em um caderninho e me permitiu a saída após apanhar a minha caixinha verde oliva. Guardei minhas coisas na mochila e saí da sala rapidamente antes que ela resolvesse passar algum dever de casa, o objetivo, claro, salão principal, onde certamente estariam servindo o jantar.






Oh, lights go down In the moment we’re lost and found I just wanna be by your side If these wings could fly O-oh, damn these walls In the moment we’re ten feet tall And how you told me after it all We’d remember tonight For the rest of our lives






Kestrel Cavendish
☾★ When oblivion is calling out your name You always take it further than I ever can ★☽
avatar
Haus Land


Registro Bruxo
Casa: Grifinoria
Habilidade: Animago
Galeões: 2.800
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aulas de Transfiguração

Mensagem por Amáble Von' Rizzi em Qui Fev 23, 2017 11:29 pm



AULA ENCERRADA
AGUARDEM A AVALIAÇÃO
Copyright © 2017 All Rights Reserved for Mayu Amakura at Lotus Graphics


Última edição por Amáble Von' Rizzi em Sex Mar 10, 2017 9:32 am, editado 1 vez(es)


— Amáble Hellena Forchhammer Von' Rizzi
A brown piano settled on one side; In the corner of my childhood house, A brown piano settled on one side; I remember that moment, Way taller than my height, The brown piano that guided me; I looked up to you, I yearned for you When I touched you with my small finger; I feel so nice, I feel so nice;
first love.
avatar
Servidor Ministerial Russa

Localização : Instituto Durmstrang - Russia

Registro Bruxo
Casa: Haus Feue
Habilidade: Meio Veela
Galeões: 97.820
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aulas de Transfiguração

Mensagem por Amáble Von' Rizzi em Sex Mar 10, 2017 9:32 am



AVALIAÇÃO
Kestrel R. Cavendish

◥ Escrita: (Ortografia e coerência) - 4 pontos
◥ Criatividade&Desempenho: (Criatividade e como lida com a tarefa dada) - 4 Pontos
◥ Apresentação: (Fontes legíveis e cores agradáveis aos olhos) - 2 pontos
◥ Total: 10 pontos.
◥ Mais 5 pontos de lógica e raciocínio.
Copyright © 2017 All Rights Reserved for Mayu Amakura at Lotus Graphics


— Amáble Hellena Forchhammer Von' Rizzi
A brown piano settled on one side; In the corner of my childhood house, A brown piano settled on one side; I remember that moment, Way taller than my height, The brown piano that guided me; I looked up to you, I yearned for you When I touched you with my small finger; I feel so nice, I feel so nice;
first love.
avatar
Servidor Ministerial Russa

Localização : Instituto Durmstrang - Russia

Registro Bruxo
Casa: Haus Feue
Habilidade: Meio Veela
Galeões: 97.820
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aulas de Transfiguração

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Contato

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum