Instituto Durmstrang
É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome se quiser ter a conta ativada, não ativaremos nomes comuns utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[FP] Alexander Preysing Kvasir

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Alexander Preysing Kvasir

Mensagem por Alexander Preysing Kvasir em Seg Maio 01, 2017 10:07 pm

Alexander P. Kvasir
27 — Ministério da Magia Britânica — BRUXO — Jack Falahee

DADOS IMPORTANTES
Cargo desejado » Chefe da Suprema Corte dos Bruxos

País atual » Alemanha

Habilidades » Até o momento não.

DESCRICÕES
Descricão psicológica »
Alexander é um tanto frio e calculista, seus movimentos são feitos com algum interesse ou aquilo que lhe vai trazer algo de bom. Não gosta de demonstrar que ama ou tem algum sentimento por alguém, evita qualquer contato visual com aqueles que odeia, porém, ainda assim é um ótimo mentiroso em todos os aspectos. Gosta de obter controle sobre as pessoas, manter elas na linha.
Biografía »
Alexander Preysing Kvasir nasceu no ano de 1990 em meio a um rigoroso inverno em Berlim, filho de dois bruxos, os quais ganhavam seu sustento nas artes das trevas. Para ser mais exato Charles e Caroline Preysing Kvasir eram comensais da morte, servos leais do Lord das Trevas. Não demorou muito até ambos serem apanhados e levados para uma prisão de segurança máxima e com apenas cinco anos de idade Alexander foi levado a um orfanato.

Nunca viera a ser adotado, passava seus anos escolares em Durmstrang e voltaria ao orfanato fora do tempo letivo. Grande ódio e revolta fora lhe tornando cada vez pior, porém, prometeu a si mesmo que não tomaria o rumo daqueles que antes lhe abandonaram e terceirizaram seus serviços. Pertenceu a casa Haus Land, era um garoto extremamente inteligente, mas estúpido ao ponto de vista dos outros.

Com seu grande desempenho estudantil conseguiu adentrar ao ministério da magia britânico, até então era um mero estagiário, dedicado e sempre apoiando os seus suplentes. Quando lhe cometia um erro em seu trabalho jamais pediu desculpas, afinal, essa palavra era abolida pelo loiro de todas as formas imagináveis. Quando tão recentemente lhe fora convidado para um posto tão alto que jamais imaginou.

[Trama ainda continua, sendo escrita e em andamento.]
Alexander Preysing Kvasir nasceu no ano de 1990 em meio a um rigoroso inverno em Berlim, filho de dois bruxos, os quais ganhavam seu sustento nas artes das trevas. Para ser mais exato Charles e Caroline Preysing Kvasir eram comensais da morte, servos leais do Lord das Trevas. Não demorou muito até ambos serem apanhados e levados para uma prisão de segurança máxima e com apenas cinco anos de idade Alexander foi levado a um orfanato.

TESTE DE AÇÃO
Descrição »
Ser de outro canto do mundo bruxo não é nada simples, afinal você sofre um grande preconceito vindo da sociedade. Queria um emprego e uma vida nova, por isso comecei há algum tempo atrás como estagiário no ministério da magia e recentemente recebi um convite inesperado para assumir o cargo de Presidente da Suprema Corte dos Bruxos, é algo que realmente quero para mim futuramente então acho que por nada nesse mundo deveria esperar. Oportunidades cada vez melhores vão vindo e se não agarrar é descaso. Peguei a carta vinda do ministério da magia assinando em baixo, confirmando minha presença no meu primeiro dia em tal cargo. Aquelas roupas formais são tão estranhas, para quem anda sem camisa ou algo desse tipo que com o tempo devo me acostumar. Fui até o closet me apoderando de um terno novo, colocando no corpo e me analisando no espelho. Até que fiquei bem, o resto do traje foi totalmente social, nada que me deixasse vulgar como antes. Desci do apartamento, caminhando pelas ruas de Londres. Parei em frente a um telefone público, nada muito chamativo para ser exato. Disquei o número de entrada para o ministério, e brevemente estava no átrio de entrada.
A beleza do átrio é esplendida, contudo fui caminhando e observando todos os bruxos. Acabei pegando um elevador para minha nova sala, tive que fixar meus olhos umas nove vezes nos papeis para ter realmente certeza. Quando adentrei minha sala no terceiro andar do ministério da magia. Um jovem comensal da morte tinha um julgamento marcado para essa tarde, analisei a ficha dele claramente. Tinha sido preso por matar e torturar alguns trouxas, assim como roubar lojas em nosso mundo. Tenho um leve hábito de tolerância zero a todos os comensais da morte, independente de seus crimes, afinal servos das trevas já acabaram com nosso mundo uma vez, creio que fariam tudo isso novamente pelo poder. Coloquei a roupas padrões de juiz, caminhando para o tribunal. O réu se encontrava à minha frente, fiquei focado em sua expressão.  –Estamos aqui presentes para o julgamento de Jamie Dallas, acusado de matar exatos três trouxas, assim como torturar dois deles no total. Estou presente como juiz dessa corte Alexander Preysing Kvasir, e a minha direita Lana Goodwin como testemunha do ato. –Dei uma breve pausa, dando um aceno a todos aqueles que também mantinham-se na bancada. –Devo dizer que o réu não persiste em ter um advogado de defesa, então vamos dar início. O réu nega as acusações feitas neste tribunal? –O comensal me encarou com uma expressão fria. ‘’Eu não sei do que está falando’’. –O Sr. Foi capturado pelos nossos aurores no local do crime, apanhado com uma varinha, que lançou a maldição da morte segundos atrás, nega esse fato? – Dava ouvidos para ele, ‘’Me encontrava em gesto defensivo’’ disse ele. –Chamo então a Srta. Goodwin, foi este homem que viu? Atacando e torturando os trouxas? –A mulher com um olhar de medo deu um aceno positivo e não disse mais nada perante a isso.  Indiquei o banco das testemunhas para ela se sentar, com o tabelião anotando tudo que foi dito. –Depois de tantas acusações desejo que a suprema corte tome uma decisão, quem está de acordo com a condenação do réu levante seu braço esquerdo. Já quem for contra o seu direito. –Com exceção de um ministerial todos os outros ergueram sua mão esquerda. –Declaro então Jamie Dallas culpado de todas as acusações, condenado a prisão perpetua em Azkaban, sem nenhum direito de revogação de seu caso. –Os aurores puxaram o comensal com um pouco de força, o tirando do local.
Soltei um grande suspiro com aquela turbulência toda, foi minha primeira vez, a adrenalina batia nas alturas, amei como foi o primeiro dia de trabalho, porém nada ainda acabou. Tinha muitos papeis e documentos para serem revisados, sem mais voltei a minha sala. Outros julgamentos também deveriam ser feitos. Assinando e carimbando documentos para ministra, vendo também todas as celas vazias que estão na prisão de Azkaban
.

avatar
Servidor Suprema Corte Britânica


Registro Bruxo
Casa: Haus Land
Habilidade:
Galeões: 800
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Alexander Preysing Kvasir

Mensagem por Nerida Vulchanova em Sab Maio 06, 2017 4:19 pm

Ficha Aceita


* NERIDA VULCHANOVA *
FUNDADORA DO INSTITUTO DURMSTRANG - STAFF MASTER




BULGARIA LADY
INSTITUTO DURMSTRANG
-----------------------

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum