Instituto Durmstrang
É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome se quiser ter a conta ativada, não ativaremos nomes comuns utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[FP] Kim SunYoung

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Kim SunYoung

Mensagem por Kim SunYoung em Dom Mar 26, 2017 12:46 am

KIM SUNYOUNG
25 — FUNCIONÁRIA DE HOGWARTS (BIBLIOTECÁRIA)— BRUXO— JUN JI HYUN

DADOS IMPORTANTES
País atual » Paris, França.
Habilidades » .
DESCRICÕES

Descrição psicológica »
Sun possui uma personalidade amorosa e doce com as pessoas a sua volta. A mesma sofreu e sofre de dupla personalidade por conta das situações difíceis que passou quando era criança/adolescente. Na qual não se recorda quando a mudança acontece. ''Kim'' é o apelido da sua segunda personalidade, que foi descoberta por seu irmão gêmeo Jae. Rebelde, com pavio curto e ''pé de encrenca'' como diz seu gêmeo. ''Kim'' só causou problemas para a jovem Sun, na época da escola. Mas, a jovem aprendeu a superar e se controlar para que e mudança não acontecesse mais. Com o passar do tempo ficou cada vez mais fácil o controle, atualmente, ''Kim'' raramente aparece, pois Sun procura sempre se manter feliz e se esforçar o melhor possível naquilo que faz.
Biografía »
Kim SunYoung, nasceu em Busan, Coreia do Sul. Morou por alguns anos na Coreia, mas logo mudou-se para o Japão, onde viu suas irmãs mais velhas iniciarem os estudos na Mahoutokoro. Filha de mãe japonesa e pai coreano, aprendeu a ser sincera e amável assim como sua mãe. Ela era sua inspiração, amava livros, era meiga e gentil. Ambos trabalhavam bastante para dar conforto para a pequena Sun e seus outros cinco irmãos. Até na manhã do dia 13 de março de 2004. Recebeu uma notícia que escureceu seu mundo completamente. Seus pais haviam falecido. Sua irmã mais velha Seo na época estava morando fora, Sun não entendia muito bem porque ela havia se afastado de casa, só vindo visita-los nas épocas festivas da família. Havia acabado de iniciar seus estudos, juntamente com seu irmão gêmeo Jae na escola Mahoutokoro. Mas, teve que deixar a sua casa juntamente com seus irmãos para ir morar na casa de sua irmã mais velha em Paris. Sun, foi transferida para Beauxbatons, a adaptação foi complicada. Não compreendia o idioma nativo, tinha dificuldades em se relacionar com os colegas de turma, pois na mesma época a existência de sua segunda personalidade apareceu. Teve que aprender a controlar-se, e agradece até os dias de hoje a grande ajuda de seu gêmeo. Cuidou com todo o carinho e amor de seu irmão mais novo Suk, o ensinando tudo o que sua mãe lhe ensinará, o protegia quase como um filho. A vida de Sun melhorou após concluir os estudos. Passou a aceitar mais o falecimento dos pais, seguiu em frente. Não os esqueceria jamais, mas agora preferia levar apenas as lembranças boas. A casa que ela e seus irmãos herdaram no Japão e Coreia, nunca foi vendida, permanece intacta até os dias de hoje. O verdadeiro desejo da jovem, ainda é voltar a morar em uma das casas onde nasceu. Até o momento que conheceu um belo rapaz de cabelos castanhos, olhos escuros e um sorriso encantador. Sun, aos 25 anos acreditava em histórias de amor, gostava muito de ler romances, mas nunca viveu de fato um. Chegando até a achar que só existia em livros, mas sua história, assim como sua rotina e sua vida, mudaram completamente após conhecer o belo Min Taek Von'Rizzi, que a mostrou que as histórias de amor são muito mais emocionantes e belas quando são vividas. Atualmente Sun considera esta a melhor fase de sua vida, ao lado de meu amado e irmãos, ela aprendeu a viver cada momento como se fosse único. Fechando os olhos a noite antes de dormir, pedindo aos céus para que seus pais, onde quer que estejam. Fiquem felizes e orgulhosos por todas as conquistas e surpresas boas que a vida esta lhe oferecendo.

TESTE DE AÇÃO

Descrição »
Começo de semana, 8 horas da manhã e o alarme despertou. A jovem SunYoung estava debruçada sobre a cama, esticando seu braço esquerdo desligando o alarme com os dedos. Os cabelos bagunçados, rosto inchado e face corado. A jovem bocejou, lutando para acordar naquele dia frio. Levantou seu corpo com muito esforço, ainda mantendo seus olhos quase fechados. Bocejava mais algumas vezes, trazendo uma de suas mãos ao seu olho direito, esfregando-o levemente. Por fim levantou-se, enrolada sobre o cobertor, caminhando até a grande janela que havia em seu quarto. Suspirava, pensando em como sua vida estava mudando rapidamente naquelas últimos meses. Estava prestes a casar com o amor de sua vida, seu irmão mais novo que tanto protegeu, agora estava morando sozinho. Havia saído do Profeta Diário e uma semana antes fez um teste para se tornar a nova bibliotecária da escola Hogwarts. Eram tantos acontecimentos de uma vez, que chegou a perder os minutos em frente a sua janela, apenas admirando a bela vista de Paris. Estava de fato muito frio, temperatura negativas, sensações térmicas muito mais baixas, chuva fina e constante que provavelmente durou a noite toda. Entretanto, a jovem possuía um brilho em seu olhar. ''Paris fica mais bonito na chuva.''Pensou, entreabrindo um leve sorriso em seus lábios. Já acordada, após se perder em seus pensamentos e voltar a realidade. Voltou a cama, retirando a coberta que estava enrolada em seu corpo, o colocando novamente na cama, a arrumando ao mesmo tempo. Seguiu sua rotina matinal tranquilamente. Tomou um banho quente, lavou seus cabelos e os secou. Vestiu uma roupa simples de casa, pois não sairia para nenhum lugar naquele dia. Descia as escadas, indo em direção a cozinha onde provavelmente encontraria seus irmãos. A mesa do café da manhã estava pronta, havia suco de laranja, algumas torradas, muitas frutas, geleia de diversos sabores, mas vazia. Sun baixou o seu olhar por alguns segundos, onde notou que em cima da mesa estava um bilhete em cima de uma carta. '' Sun.. leia'' era o que havia escrito em cima. Era um recado de seu gêmeo, estava claro pela letra perfeita que o mesmo possuía.  

*Sun, todos nós tivemos que sair cedo e não queríamos acorda-la. Esperamos que você consiga realmente o cargo que deseja em Hogwarts, logo cedo um coruja lhe trouxe a carta que esta abaixo desse recado. Nós não a abrimos, queremos que você nos conte o que tem escrito.  - Jae.*

''Uma carta... sim, é hoje! Eu havia esquecido!'' Pensou automaticamente, lembrando que a escola lhe daria a resposta naquele dia. Ao direcionar seus olhos para a carta, viu o lindo brasão de Hogwarts cravado em cera, selando o papel. Seu nervosismo era tanto que chegou a tremer tentando abri-la. Fechou os olhos, sussurrando para si mesma que havia conseguido o cargo. O queria muito mas não sabia se estava qualificada o suficiente. Ao abrir, puxou o papel para fora com cuidado, e passou a lê-lo. A expressão em sua face mudou, estava surpresa com o que leu, não acreditou por alguns minutos. Primeiro paralisada, depois em um ato bobo, agarrou-se ao simples papel em um abraço e fechou os olhos dando pequenos pulos ali na cozinha. - Eu consegui, eu consegui.. não acredito. - A sua felicidade era tanta, que chegou a ler a carta mais algumas vezes. Arregalando os olhos ao perceber um detalhe que não se deu conta antes.

*Após o recebimento desta carta, comparecer a escola se possível no mesmo dia.*

''No mesmo dia...'' Pensou por alguns segundos. Direcionando seu olhar para o relógio, que marcava exatamente 9:45. - Estou atrasada! Preciso correr! - Dizia a si mesma em voz alta, correndo de volta para o seu quarto. Se arrumou o mais rápido que conseguia, mesmo sem hora marcada, não gostava de pensar que alguém provavelmente estava esperando para lhe mostrar o seu futuro local de trabalho. Após finalmente estar pronta, desceu as escadas mais uma vez, usava um vestido estampado levemente acima do joelho, cinto fino de cor begue, sobretudo em tonalidade amarelo claro vintage, bolsa simples que carrega em mãos, salto confortável, cabelos solto. Sua maquiagem estava perfeita, as roupas muito bem passadas e arrumadas. Guardou a carta, juntamente com o bloco de anotações e um pena, que sempre carregava junto a si, manias antigas quando trabalhava no Profeta Diário. Em um suspiro profundo, fechou os olhos por alguns segundos e falou pra si mesma. -Primeiro dia.. - Sorriu levemente, se direcionando até a porta, saindo de casa.
Ao chegar no belo castelo de Hogwarts, muitos jovens e adolescentes caminhavam no local, Sun sentia-se perdida de certo modo, pois nunca havia entrado no local. Ouviu muito falar que era uma escola maravilhosa, e estava muito ansiosa para ver a biblioteca, afinal se tornou seu local de trabalho. Andava mais alguns passos, não teve a sorte de encontrar nenhum professor, e os alunos pareciam andar rápido o tempo inteiro. Aquele lugar era enorme, sentiu-se como uma agulha no palheiro. Por sorte, viu uma jovem de cabelos loiros, olhos claros que segurava alguns livros em seu corpo frágil, deduziu que a pequena havia pego-os na biblioteca, e logo direcionou seus passos até a mesma.
- Olá querida, desculpe incomoda-la. Apenas queria uma informação, pois notei que esta carregando livros. Onde fica a biblioteca, pode me explicar?
Sun a perguntava com sua doce voz, em meio a sorrisos calmos, mostrando a pequena aluna tímida que não precisava ter medo. A ouvi explicar o local, mas não entendia. Por sorte a aluna estava indo quase para o mesmo lugar. Suspirando aliava, Sun seguiu em passos calmo a aluna, olhando para todos os lugares que passava pelo castelo. Quando menos notou, havia chegado ao seu local de trabalho. Seus olhos pararam por alguns segundos admirando a beleza do lugar, colunas altas, várias estantes de madeira maciça com milhares de livros, mesas com cadeiras em sequência. Havia um pouco de poeira em algumas partes, mas ela daria um jeito logo. Notou alguns alunos sentados lendo, e sorriu lembrando-se da época em que se escondia para ler livros já que naqueles tempos não tinha muitas amizades. Lembrava de sua mãe, que tinha uma pequena biblioteca em casa, e gostava de ouvi-la ler histórias simples para lhe fazer dormir. Rompeu seus próprios pensamentos ao escutar a aluna dizer-lhe adeus, quase não deu tempo de responde-la, teve que agradecer em voz alta, acenando para a mesma a olhando se distanciar. O silêncio predominava o local, suspirando profundamente, andou mais alguns passos, entrando finalmente. Olhava para os lados um pouco perdida, a quantidade de livros ali era fascinante, seus pensamentos foram rompidos mais uma vez ao notar que alguém lhe dirigia a palavra dando-lhe boas vindas. Ao direcionar seu olhar, ficou surpresa parada por alguns segundos, abrindo um sorriso bobo em seus lábios. Seu esposo estava ali para recebe-la. Pensou por alguns segundos em perguntar o que ele estava fazendo naquele local, mas lembrou no mesmo instante que era docente, mesmo antes de sequer conhece-la. Houve uma breve conversa, Sun sorria e tentava ser formal pois era ambiente de trabalho. Min, mostrou-lhe a mesa onde passaria a maior parte do tempo. A conversa com ele não demorou muito, pois o mesmo tinha aulas e outras responsabilidades. Após despedir-se dele, colocou sua bolsa sobre a mesa. Observando os outros objetos que haviam no local. Entre eles um pilha de livros todos de assuntos diferentes. Sun, no mesmo momento concluiu que eram de alunos que deixavam espalhados. Os pegou em mãos, e caminhou dentro da biblioteca. Não foi tão complicado achar os locais de todos os livros, afinal havia uma ordem nas estantes com tema, ordem alfabética e numeração. Não poderia se sentir mais feliz com aquele simples trabalho de organizar livros, preferia fazer com as próprias mãos do que usar magia. Era mais uma forma de diversão, do que um trabalho, como unir o útil ao agradável. O trabalho da nova bibliotecária não terminou por ai. Durante o dia, ficou pouquíssimo em sua mesa. Muitos alunos tinha manias de tirar os livros que não precisavam e deixar largados em todos os lugares possíveis, sua busca para colocar a biblioteca em perfeita ordem estava mais difícil do que a mesma imaginou. Limpou alguns lugares empoeirados, verificou a lista de espera dos caderno de couro que havia na mesa desde que ela chegava. Auxiliou alguns alunos na procura de livros específicos, pediu silêncio a outros que insistiam em ter conversas paralelas, atrapalhando a concentração de quem estava estudando. Era seu primeiro dia, em um lugar completamente desconhecido. Mas, se adaptou tão rápido que parecia estar ali desde sempre. O final do dia chegou, fechou a biblioteca exatamente as 20 horas, conseguindo por milagre colocar os últimos livros que estavam espalhados sobre a mesa nos seus devidos lugares. Sabia que no dia seguinte tudo estaria bagunçado novamente, mas era o trabalho de seus sonhos. Gostava do ambiente, da escola, dos alunos que pediram sua ajuda e dos livros, que mereciam atenção e muito cuidado. O seu primeiro dia de trabalho foi mais emocionante do que ela pensou. Estava ansiosa, feliz, eufórica internamente, desejando que todos sejam tão emocionantes e perfeitos como o primeiro.


oh, everytime i see you..♫
..And now I just want to be with you❤️♡ saranghae.
avatar
Adultos

Idade : 25

Registro Bruxo
Casa:
Habilidade:
Galeões: 14.300
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Kim SunYoung

Mensagem por Nerida Vulchanova em Dom Mar 26, 2017 7:09 pm

Ficha aceita


* NERIDA VULCHANOVA *
FUNDADORA DO INSTITUTO DURMSTRANG - STAFF MASTER




BULGARIA LADY
INSTITUTO DURMSTRANG
-------------------
♦️

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum