Instituto Durmstrang
É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome se quiser ter a conta ativada, não ativaremos nomes comuns utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[FP] Alexandre Devereaux

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Alexandre Devereaux

Mensagem por Alexandre Devereaux em Qui Dez 29, 2016 1:11 pm

ALEXANDRE DEVEREAUX
22 ANOS — AURORES — BRUXO — ZAC EFRON

DADOS IMPORTANTES

Cargo desejado » Auror

País atual » Inglaterra

Habilidades » Até o momento não.

DESCRICÕES

Descricão psicológica »

Alexandre é um jovem talentoso,sempre tirou boas notas sem se esforçar. Sempre quis ser um Auror, e nunca duvidou que conseguiria, uma de suas principais qualidades é a sua confiança em si mesmo. Porém em contra partida sua auto confiança muitas vezes beira a arrogância,e possui a língua tão afiada quantos suas habilidades de duelo e sua tendência ao humor negro pode ser bem irritante.
Durante sua infância e adolescia teve muito apoio dos pais, eles o mimaram e devido a isso Alex  nunca foi muito responsável. Na verdade sempre estava metido em confusões, tinha um certo desdém por regras e preferia passar seu tempo com uma garota do que na sala de aula.
Porém após a morte de seus pais quando ele tinha 16 anos mudou tudo, fez com que o boa vida tivesse um duro choque de realidade e amadurecesse. Seu foco passou a ser entrar para o Esquadrão de Aurores e cuidar de seu irmão mais novo.
Biografía »

Alexandre teve a infância ideal para qualquer criança, talvez tenha sido um mimado, mas o amor nunca lhe faltou e ele sempre foi grato a isso. Estudou em Hogwarts e pertenceu a Casa Sonserina como a mãe. Apesar de ser muito inteligente não fez grandes feitos, era um ótimo aluno quando estava inspirado, mas na maior parte do tempo se dedicava a correr atrás de rabos de saia.
Tinha um ótimo relacionamento com sua família, amava sua doce mãe e sempre acampava com seu pai nas férias. Quando sua irmã mais nova nasceu, não tinha muita certeza que iria gostar dela, mas foi só colocar seus olhos em Minnie que percebeu que este não seria o caso. A responsabilidade de ser o irmão mais velho sempre foi algo que gostara e prezava.
Porém aos dezesseis anos tudo mudou.
Seus pais foram visitar uns amigos na Rússia. Em um piscar de olhos tudo mudou, seus pais morreram num acidente que ninguém sabia lhe explicar, e Dante - a irmão de seu pai ficou responsável por ele e sua irmã- obrigou que os dois fossem morar com ele numa cidadezinha na França.
Perdeu seus pais, seus amigos, sua escola e tudo que conhecia em menos de 24 horas. Ele tinha apenas sua irmãozinha.
A convivência com seu tio Dante se mostrou pior do que tudo até então. Logo que a guarda foi concedida, ele passou a gastar parte da herança deixada para eles em festas, mulheres e bebidas. Apesar de ser uma alivio ir para a nova escola (qualquer coisa era melhor que ficar com seu tio), constantemente ficava preocupado com sua irmãozinha nas garras dele.
Minnie nunca reclamava de nada em suas cartas, porém Alex sabia que as coisas não estavam tão boas quanto parecia. Determinado ele se dedica aos estudos, pela primeira vez precisava tirar boas notas e assim seguir a carreira que sempre desejou.
Ao retornar para a casa de sua tio, percebe que a situação de sua irmã era inda pior do que esperava. Dante gastou toda a herança que tinham, e  tratava sua irmã como um elfo domestico, e em seu corpo havia vários pequenos hematomas roxos e esverdeados. Raivoso confronta seu tio e esta o expulsa de casa.
Ele pensa em levar sua irmã junto e quase o faz, mas Dante possui a guarda e se fizesse isso, poderiam não ter chance de ficar com sua irmã no futuro. Com o coração pesado mas decidido promete que voltara para lhe buscar assim que pudesse.
Os anos que se seguiram foram o mais difíceis de sua vida. Para se manter começou a trabalhar como atendente na Floreios e Borrões e a noite estudava com afinco para o teste. Dormia em uma espelunca e mal comia. Manteve contato com seu irmã, sempre lhe mandava doces ou brinquedos baratos, mas sabia que a jovem estava sofrendo mais do que ele.
Depois de virar Auror entrou com um processo para conseguir a tutela da irmã, porém foi negada pois o consideraram muito jovem para tal, contudo emitiram um decreto que permitia visitas nos fins de semana. Aos dezenove entrou novamente com um processo alegando maus tratos e dessa vez lhe concederam a tutela provisoria, Quando completou 21 anos conseguiu a tutela definitiva da irmã.
TESTE DE AÇÃO

Descrição »

- Sweet dreams are made of this...Who am I to disagree? -Cantarolo baixinho enquanto arrumo a mesa do café. - I traveled the world and the seven seas... - Depois de conferir se tudo estava ok vou caminhando sem pressa para minha mesa. Com um suspiro sento na cadeira reclinável e fito a montanha de papel a minha frente. - Everybody's looking for something... - É,  penso cá com meus botões, muito emocionante essa vida de Auror...
Acontece que ninguém, NINGUÉM mesmo, conta como as coisas realmente funcionam. Uma vida de aventura e missões contra os praticantes de artes das trevas? Haha, ainda estou esperando alguém virar pra mim e dizer: Mais um caiu no conto da carochinha! A verdade é que só o que tenho é relatórios emocionantes sobre o que os outros Aurores fizeram. A coisa mais emocionante que me aconteceu até o momento, foi tropeçar no capacho e derrubar o café numa estagiaria. Ela me olha feio até agora.
Observo a ida e vinda dos Aurores mais velhos, parecem tão importantes, e confesso que morro de curiosidade toda vez que um se tranca na sala do Chefão para prestar contas. Uma hora eu chego lá!  - Enquanto esse dia não chega... - pego o relatório que estava mais acima da pilha e começo a analisá-lo. O trabalho é monótono, tenho que registrar o relatório e arquiva-lo. De vez enquanto você lê algo interessante, como o bruxo Sicrano foi pego com itens de magia negra mas a grande parte é sobre trapaceiros.
O dia passa de forma bem lenta. Na hora do almoço como qualquer besteira e volto para o trabalho. Cantarolo mais um pouco, acho que se não fizer isso posso dormir de tédio, sou um cara de ação. Mas a única ação que vejo é o a de carimbar papeis e o entre e sai dos mais velhos... Quando será que me darão uma chance?
Olho para o relógio e percebo que meu dia de trabalho acabou. - Não foi dessa vez... Quem sabe na próxima? - Resmungo baixinho.


Última edição por Alexandre Devereaux em Seg Jan 09, 2017 11:46 pm, editado 1 vez(es)
avatar


Registro Bruxo
Casa:
Habilidade:
Galeões: 800
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Alexandre Devereaux

Mensagem por Salazar Slytherin em Qui Jan 05, 2017 10:56 pm

FICHA ACEITA






avatar
Staff de Durmstrang


Registro Bruxo
Casa:
Habilidade:
Galeões: 800
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum