Instituto Durmstrang
É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome se quiser ter a conta ativada, não ativaremos nomes comuns utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Kieran Fitzgeral

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Kieran Fitzgeral

Mensagem por Kieran Fitzgerald em Qua Dez 21, 2016 10:04 pm

KIERAN FITZGERALD
22 ANOS — MINISTÉRIO DA MAGIA — BRUXO — AMADEUS SERAFINI

DADOS IMPORTANTES

Cargo desejado » Chefe Departamento de Mistérios (Rússia).

País atual » Rússia.

Habilidades » Nenhuma.

DESCRICÕES

Descricão psicológica » Infantil e odeia perder. Kieran apesar de já ser adulto a algum tempo nunca deixou de ser uma criança com vinte e dois anos, pelo menos com assuntos banais, entretanto profissionalmente parece levar as coisas com mais seriedade, afinal, nunca se sabe quando se pode ser mandando embora. Odeia formalidades, para ele é algo desnecessário e tudo seria mais fácil se todos se tratassem de forma mais intima mesmo que por um instante. É preguiçoso e gosta da sua própria bagunça. Prefere o dia do que a noite e opta mais por relacionamentos sérios..

Biografía » Nascido na Rússia em meio a uma família modesta, foi concebido como o filho mais novo. Como primogênita na casa havia sua irmã que anos mais tarde se tornou estudante em Durmstrang, repentinamente a casa se tornou vazia uma vez que a presença da irmã mais velha sempre foi marcante, pelo menos ao mais novo. Aos onze anos, diferente do que ocorreu uns anos mais cedo, Kieran decidiu que gostaria de frequentar Hogwarts - nem Beuaxbatons nem Durmstrang - o destino do garoto era Londres, local que frequentou até seus dezessete anos, representado as cores azul e prata, como um membro da Corvinal.

Ao final do seu ciclo escolar suas boas notas no N.I.E.M's lhe deram uma boa oportunidade para conseguir adentrar no Ministério da Magia, inicialmente como um estagiário esforçado que em algum momento alcançou o cargo de Chefe de Departamento.   


TESTE DE AÇÃO

Descrição » Kieran nunca havia percebido no quanto ouvir apenas o barulho da sua própria respiração poderia ser estressante. Havia recebido o comunicado no dia anterior que dizia que seria nomeado o novo chefe do seu departamento, o que apenas demonstrava o quanto o Ministério estava desesperado para reestruturar-se após os problemas recentes. Além de no dia seguinte já ter de assumir as funções de sua promoção, nem sequer recebera instruções decentes para tal.

Apesar de tudo, não estava se saindo mal. Um de seus grandes talentos consistia em aprender rápido, e no momento, tudo o que deveria fazer era avaliar os relatórios sobre mistérios já resolvidos e progressos dos que estavam sendo investigados das subdivisões de seus subordinados – em qualquer outro nível do ministério, algo extremamente monótono, mas não ali. O Departamento de Mistérios guardava tudo o que havia de mais intrigante e perturbador no mundo mágico, e desde que fora inserido neste, tinha de tomar um pouco mais de cuidado com sua sanidade. Quando sentiu-se abalado, decidiu que estava na hora de dar uma voltinha para checar como estavam os subníveis.

Seus passos pareciam fazer um barulho absurdo ao caminhar, mas não era nada que já não estivesse acostumado. Os bruxos que ali trabalhavam eram escolhidos a dedo, apenas os melhores dos melhores eram aceitos, e isso significava que distrações não eram permitidas – muito menos emoções. Às vezes isso o entediava, mas sabia o quanto aquilo era importante para a segurança do mundo bruxo. Decidiu ir primeiro ao seu lugar preferido, onde se ocupava até o dia anterior, a sala do tempo.
Ali havia algumas bancadas repletas das mais diversas invenções, inclusive a mais cobiçada pela grande maioria dos bruxos – o vira-tempo. Quase todos achavam que eles pararam de ser produzidos e os já existentes destruídos, foi o que saiu no Profeta, mas era óbvio que um instrumento tão magnífico não poderia deixar de existir. Agora, contudo, a segurança sobre eles fora multiplicada por mil, visando deter os possíveis acidentes e escândalos. Apenas um de seus antigos colegas ousou olhar quem havia chegado, mas rapidamente voltou a medir o aparato X29Z, ainda em desenvolvimento. Todos confiavam demais na segurança do ministério.

Deixou o bilhete previamente escrito sobre a bancada de um asiático o qual jamais soube o nome e deixou o ambiente. Então seguiu para a sala dos cérebros. Aquele tanque era algo que nunca fizera questão de entender – nem lhe era permitido, visto que não era sua função – e se não estivesse no nível 9, Fitzgerald teria dado um sorriso de pura presunção porque agora nenhum segredo da máquina mágica iria lhe ser negado. Como fizera anteriormente, apenas deixou um bilhete com um dos funcionários mais velhos – uma ruiva com óculos fundo de garrafa – antes de deixar o local sem proferir uma palavra sequer.
Seguiu então até a Sala da Morte, a única sala que conseguia ser tão bizarra quanto a dos Cérebros, apesar de ser bem mais sombria. Repetiu o processo bem mais rápido ali que nas anteriores. Em sua opinião pessoal, aquele portal era o que havia de mais enigmático no nível 9, e sinceramente, não desejava descobrir nada dali para o seu bem estar mental. Deixou a sala das profecias por último. Também entregou um bilhete a um bruxo dali – este ostentava luxuriantes dreadlocks – e saiu dali procurando por uma bruxa específica.

Gostava de saber que era o único ali que tinha acesso aos nomes dos colegas, e também seu histórico, claro. Passara boa parte da manhã estudando seus subordinados, todo bom líder deve conhecer as particularidades de seus liderados, e era aquilo que tentava fazer. Havia convocado aqueles mais significativos para uma reunião em sua sala, onde mais tarde se apresentaria e passaria as novas diretrizes, as quais passara uma longa noite produzindo. Encontrou quem procurava justamente saindo dos elevadores, acompanhada de um jovem que ainda não conhecia.
Cumprimentou-a cordialmente, apertando-lhe a mão e a de seu acompanhante e, já se sentindo o chefe por ali, convidou-os até a sala que agora lhe pertencia. Sentou-se na grande e confortável poltrona de couro negro e indicou que eles ocupassem as outras ao seu lado direito na mesa oval. A mulher tomava conta dos departamentos sem chefia, consequentemente, aquela que a nomeara. Dali a quinze minutos oficializariam em frente aos outros membros.
- Senhor F. antes de tudo gostaria de lhe apresentar seu novo assistente, o Sr. R. Espero que trabalhem bem juntos. – começou a mulher. – Desculpe por deixá-lo às cegas hoje, mas como deve saber, ando extremamente ocupada com a falta de pessoal. Aqui estão as diretrizes. – completou, entregando-lhe várias pastas que carregava. Não acreditava que havia passado quase toda a madrugada trabalhando em algo inútil, mas mascarou o desapontamento.

O tempo que faltava para a reunião foi gasto em instruções e dúvidas sanadas entre as pessoas e, no momento exato que o relógio de parede indicou o horário marcado, ouviram batidas na porta. – Entrem. – apenas disse, sem levantar-se. Indicou os lugares restantes aos quatro bruxos que convocara e então retomou seus dizeres. Em poucas palavras, a garoto conheceu seus novos subordinados e então se despediu, desculpando-se por ter muito que fazer. E então Kieran encarnou seu novo papel.
- Boa tarde. Como já dito, tudo o que devem saber sobre mim é que sou seu novo superior e que devem referir-se a mim como Kieran mesmo, se preferirem, odeio formalidades. – Sorriu demonstrando que não seria um carrasco. -O departamento de mistérios é talvez o mais perigoso deles, mas vocês já sabem disso, e também devem saber que foram escolhidos a dedo para estarem aqui. Contudo, esta seção esteve por tempo demais sem um líder, papel que estou assumindo para que possamos voltar a trabalhar com potencial máximo. Estão dispensados..


DARK WIZARD:
A seguir, narre uma das seguintes missões (a escolha da missão é sua). Todas elas serão analisadas da mesma forma: ortografia, coerencia, versatilidade nos feitiços usados e, é claro, a crueldade.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Kieran Fitzgeral

Mensagem por Amitiel H. Von' Rizzi em Sab Dez 24, 2016 1:22 pm

FICHA ACEITA


Sem observações




AMITIEL HENDRIX VON' RIZZI

avatar
Ministro da Magia Britânica

Idade : 27

Registro Bruxo
Casa: Haus Feue
Habilidade: Meio Veela
Galeões: 171.983
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum