Instituto Durmstrang
É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome se quiser ter a conta ativada, não ativaremos nomes comuns utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[FP] Dominique Weasley

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Dominique Weasley

Mensagem por Dominique Delac. Weasley em Seg Nov 28, 2016 3:04 pm

DOMINIQUE WEASLEY
DEZESSEIS ANOS — AURORES — BRUXA — MADELINE FORD

DADOS IMPORTANTES
Cargo desejado » Estagiária do Departamento de Aurores

País atual » Londres

Habilidades » Meio-Veela e Animaga

DESCRICÕES

Descricão psicológica » Dominique é dona de uma personalidade forte. Desde pequena gostou de explorar e buscar aventuras, ou guardar respostas na ponta da língua para os mais velhos, sendo ligeiramente ácida desde menor. Livros e histórias antigas sempre à empolgaram, resultando numa garota extremamente estudiosa, mais pelo prazer, do que obrigação de aprender. É corajosa e de sangue quente, o que a torna um pouco impulsiva e propensa a entrar em confusão. Justa com todos, procura sempre pensar racionalmente quando o assunto envolve mais do que ela própria, mas não confia cegamente nas leis, afinal, lex malla lex nulla, uma lei ruim não é lei. Basicamente, é uma pessoa de alma livre, que busca viver intensamente e raras são as vezes que abdica do que gosta por conta julgamento de terceiros. Ainda assim, mantem uma responsabilidade com o que acredita ser o bem e, embora prese pela sua liberdade, nunca deixa que ela afete a de outra pessoa.

Biografía » Dominique nasceu em uma manhã quente de fevereiro. Ainda que possuísse uma irmã, Victoire, a jovenzinha foi uma das primeiras netas de Molly e Arthur a nascer, consequentemente, uma das mais velhas dessa nova geração. Sempre foi mais apegada ao pai, talvez, por possuir os mesmos cabelos avermelhados, ou, talvez, por preferir brincar com o progenitor ao lado de fora em meio a terra e lama, em vez de permanecer dentro de casa atrás de sua belíssima mãe – embora que, em todos os seus dezesseis anos, jamais conheceu alguém que a entendesse tão bem quanto Fleur.  

Sua relação com Victoire desde cedo mostrou indícios de não ser muito saudável; a diferença entre ambas era gritante mesmo quando Dominique não passava de uma criança de três anos. O mesmo não poderia ser dito de sua relação com Louis, seu irmão mais novo. Desde que se conhece por gente, sentia pelo menino um forte sentimento de proteção, ainda que tal proteção englobasse o pegar e sair para explorar os bosques que rodeavam o lugarzinho que moravam e deixar sua mãe morrendo de preocupação em casa.

A maior parte de sua infância se passou na velha Toca. Enquanto seus pais trabalhavam, Dom fazia companhia aos seus avós e primos; tagarelava com Molly enquanto a senhora fazia as refeições ou arrumava a casa; pedia para o avô, Arthur, lhe ensinar um pouco mais sobre os objetos trouxas, cultivando curiosidade que a perseguiria pelo resto de sua vida; saia pelos arredores acompanhada por Fred, Roxanne e James, explorando os terrenos vizinhos, jogando quadribol, ou, simplesmente caçando algum pobre gnomo que aparecia em sua frente. Teve uma vida boa, não podia negar.

Iniciou seus estudos em Hogwarts quando tinha onze anos. Foi nessa época que descobriu que tinha certa habilidade com o sexo masculino no geral. Tinha herdado os genes veela da mãe – o que lhe parecia um absurdo, afinal, não era nada parecida com Fleur. Na escola também se interessou por outros ramos da magia; guiada por James, que sempre citou o avô e seu super grupinho chamado “Os Marotos”, a ruiva decidiu aprender sobre animagia, obtendo total êxito na habilidade alguns anos mais tarde. Não deixou a chance de fazer parte do time de quadribol de sua casa passar; em seu segundo ano fez teste para batedora, e ocupa o cargo até hoje.


TESTE DE AÇÃO
Descrição » Dominique continha nos lábios um sorriso largo. Um sorriso assustadoramente largo. Pela primeira vez em sua vida, estava caminhando pelo Ministério da Magia ao lado de alguém que não possuía o mesmo sangue que o seu. Na verdade, estava sendo guiada pelo chefe do departamento dos aurores, Jack Carter, em direção ao quartel general, e não poderia estar mais feliz.

Nos últimos três meses vinha se comunicando com o senhor Carter, negociando um estágio. E, após várias cartas trocadas, há sete dias tinha recebido o aval para se apresentar ao homem, ultimo requisito para que fosse aprovada. Sua entrevista tinha sido naquele mesmo dia, mais cedo, e, após alguns minutos de conversa, já tinha a aprovação que precisava. Estava realizando seu sonho, e o melhor de tudo, tinha conseguido sozinha.

Já estava familiarizada com o QG, mas sempre que entrava na salinha amarrotada de mesas, papeis, mapas e esquemas, sentia as famosas borboletas no estômago; aquilo foi o que sempre desejou para si, desde quando criança. Estar ali, mesmo como estagiária, a fazia sentir uma animação fora do que poderia ser considerado normal.

Então, qual vai ser a minha primeira tarefa? — Se virou para, agora, seu chefe. — Pesquisa de campo? Seguir pistas de algum comensal? Ah! Que tal interrogatório? Eu sou muito boa nesse último. — O sorriso que ostentava era quase débil, mas era essa a consequência de pensar que poderia sair por Londres no encalço de bruxos das trevas.

O senhor Carter parecia se divertir com animação da jovem, mas não respondeu nenhuma de suas perguntas. Em vez disso, ele caminhou calmamente até a última mesa da sala, esta em particular, mais abarrotada de papel do que qualquer outra. — Me desculpe por desapontá-la, senhorita Weasley, mas, para começar, você deverá fazer relatórios de alguns casos... Estes casos. — A mão masculina posou em cima de uma das pilhas, e os olhos verdes da ruiva aumentaram comicamente.

Foi impossível para Dominique esconder a decepção que tomou conta de seu semblante e, Jack, percebendo isso, lançou-se um sorriso gentil. — Não fique triste. Hey, todos nós começamos de baixo, com trabalhos simples. E olhe só para você, iniciando uma carreira tão cedo! — O homem a deixou no momento seguinte, afinal, a garota fazer seu trabalho. Sem muita vontade, a Weasley sentou-se na cadeira e encarou todos aqueles papeis, soltando um suspiro em seguida. Seria um longo dia.

xxx

Realmente, aquele tinha sido um longo dia. Mas não tão chato quanto Dominique imaginara de início. Os casos eram longos, e, pelo o que tinha percebido, simples, tratando apenas de roubos ou agressões. Ainda assim, era interessante para a ruiva ler e entender cada passo detalhadamente, desde a investigação, ao interrogatório. Também havia os aurores, que entre uma ou outra tarefa, passavam no QG para dar as boas vindas à nova mascote (como um ousou dizer) e tomar um café.

No fim, ficou tão compenetrada em seus afazes que mal notou o dia transcorrer. Quando deixou o Ministério, não exibia o sorriso de orelha à orelha de felicidade, mas sim, um sorriso satisfeito em perceber que aquilo era o que realmente almejava, mesmo com seus altos e baixos.
avatar
Auror Ministerial

Idade : 13
Localização : A Toca

Registro Bruxo
Casa: Grifinoria
Habilidade: Meio-veela
Galeões: 800
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Dominique Weasley

Mensagem por Amitiel H. Von' Rizzi em Ter Nov 29, 2016 4:21 pm

FICHA ACEITA


Sem observações




AMITIEL HENDRIX VON' RIZZI

avatar
Ministro da Magia Britânica

Idade : 27

Registro Bruxo
Casa: Haus Feue
Habilidade: Meio Veela
Galeões: 146.983
Contato
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum