Instituto Durmstrang
É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome se quiser ter a conta ativada, não ativaremos nomes comuns utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Toronto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Nerida Vulchanova em Qui Set 08, 2016 11:02 pm


Toronto


Toronto é a maior cidade do Canadá e a quarta maior cidade da América do Norte, sendo a capital da província de Ontário. Situa-se na margem norte do Lago Ontário. A cidade de Toronto propriamente dita possui, aproximadamente, 2,8 milhões de habitantes, aproximadamente 45% da população da Região Metropolitana de Toronto. Aproximadamente um terço da população canadense vive dentro de um raio de 160 quilômetros da cidade. Toronto é considerada uma das cidades mais multiculturais do mundo, sendo uma metrópole que atrai dezenas de milhares de imigrantes anualmente. Seus habitantes são chamados de torontonianos.Toronto é o centro financeiro e o maior pólo industrial do Canadá, bem como um dos principais centros culturais e científicos. É considerada uma cidade global alfa, exercendo significativa influência em nível regional, nacional e internacional,é também considerada um dos principais centros financeiros do mundo. A cidade possui uma das economias mais diversificadas da América do Norte, com a maior concentração de sedes de empresas, instituições culturais e a maior comunidade artística do país.




* NERIDA VULCHANOVA *
FUNDADORA DO INSTITUTO DURMSTRANG - STAFF MASTER




BULGARIA LADY
INSTITUTO DURMSTRANG
-------------------
♦️

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Lee Seung Ho em Qua Jul 26, 2017 9:37 pm
I Love You

Toronto tem um inverno congelante, por isso o governo havia criado uma cidade subterrânea para as pessoas poderem continuar a vida mesmo durante a epoca mais fria do ano. No verão essa cidade subterrânea ficava vazia e as revistas e marcas gostavam de usar o local para ensaios. Em meio a um desses caminhos um estúdio fotográfico havia sido montado e nele era onde Lee Seung Ho e Do Kyung Soo estavam naquele momento. O mais velho estava finalmente se aprontando para aquele que seria o ultimo trabalho dele como modelo. Passou todo o tempo em que estava sendo maquiado e recebia as falsas tatuagens, conversando com o amado e ficou pensando como eles haviam chegado ate ali.

Um dos pontos da conversa foi a adoção e a ida deles para casa Kim, nenhum dos dois quis mudar de nome para sempre lembrar da onde viera. Quando estava tudo pronto vestiu um terno de cetim preto e seguiu para próximo do fotografo para entender melhor a proposta da sessão. Logo um jovem de traços ocidentais, cachos num tom de dourado e um vestido branco apareceu. O jovem de cabelos negros olho na direção do mais novo e sorriu docemente, notando o olhar assassino do mesmo suspirou.

Foram colocados no centro da tela clara, se posicionaram para enfim começar as fotos. Uma música lenta começou a tocar e eles dançavam juntos bem devagar e seguindo a batida. Conforme a música seguia os sons, o casal aumentava seu ritmo. Os olhos fechados dela contrastvavam com o olhar forte dele, a proposta era demonstrar o anjo e o demônio se apaixonando. Uma batida mais forte e a primeira peça de roupa dela saiu, era a saia que voou para longe. O rapaz sentiu a moça aproximar os corpos e de canto de olho viu o menor ficar incomodado.

As tatuagens no tornozelo e coxa ficaram a mostrá enquanto o casal dançava, a dança delicada ia ficando mais intensa. Os dedos dela passaram pelos braços dele, iam devagar até o ponto certo que não tardou a ter sua camisa rasgada revelando um abdômen levemente musculoso e com uma tatuagem cobrindo as costelas. A dança ficavam cada segundo mais sensual, logo as peças foram sendo tiradas do corpo e revelando as inúmeras tatuagens de ambos.

O som das fotos sendo tiradas não interessava aos dois, mas um dos modelos estava com a mente longe dali. O rapaz pensava em tudo que passou para chegar ate ali, enquanto escondia o rosto brevemente na curva do peço da ruiva em seus braços sentiu-se descolocado. Só havia um pescoço no qual ele queria esconder, um corpo que queria tocar e uma única pessoa com quem queria estar pra sempre. Soo era única pessoa certa pra ele, mas nem ao menos um pedido decente de namoro ele havia feito e isso o incomodava.

Seu raciocínio foi cortado quando a musica parou e somente então notou como estava, o terno havia virado um shorts curto. Mordeu o lábio ao ser liberado, sem nem ao menos hesitar levou o outro consigo para o camarim dele e trancou a porta. Queria conversar serio com outro, mas sabia que seu anjo iria ficar envergonhado se o fizesse próximo do olhar alheio. Trouxe o corpo menor para perto e o beijo de forma apaixonada e doce, fazendo o mais jovem abrir as mãos e assim ele poder acariciar as feridas causadas pelas unhas pressionadas com tanta força na pele.

-Minha princesa... chamou baixinho, descendo os labios para mordiscando a clavícula do menor aproveitando o momento para sentir o cheiro doce e agradável que o viciava. -Sei que ficou brava com o que viu, mas quero lhe dizer algo. se afastou e pegou algo no bolso da calça que usou para ir trabalhar. -Aceita namorar comigo meu anjo?

De certo modo eles ja estavam num relacionamento, mas Seung queria demonstrar ao outro que ele era único para si. Fez a pergunta ajoelhado, com uma aliança de ouro na mão ele havia juntado todo o dinheiro que tinha ganho na sessão anterior e um pouquinho que deixava para emergência para compra-la. Naquele momento tudo que Ho queria era que sua princesa aceitasse, mesmo que ele não fosse o homem mais perfeito do mundo.
◦◦◦





Lee Seung Ho

Idade : 16

Localização : Procura ai

Ver perfil do usuário
avatar
Estagiário de St. Mungus

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Bang Kyung Soo em Dom Jul 30, 2017 7:45 am

A MAIOR SURPRESA DA VIDA
Kyung permaneceu meio quieto ao lado do namorado enquanto o maquiavam, seu lábio estremeceu algumas vezes quando a mão dos maquiadores resvalava sobre a pele do namorado, que estava exposta. A conversa entre eles era trivial, mas Kyung deixava claro no tom de suas palavras que o que havia entre eles não era uma simples amizade. A adoção do namorado e do cunhado pelo médico o tranquilizava muito, ambos haviam passado maus bocados sob os cuidados do pai, e agora teriam um bom lugar para chamar de lar. A família do médico era prestativa, ao ponto de abrigar até mesmo Kyung com todo seu complexo feminino, fugindo do próprio pai. Não demorou muito e o verdadeiro inferno começou, levaram Seung para perto do fotógrafo e quando a modelo chegou, foi logo se mostrando nada profissional. A garota ria demais, pegava demais, ficava se insinuando e Kyu foi estreitando os olhos com o coração quase saindo pela boca de raiva. Confiava no namorado, e via o quanto ele era sério trabalhando, mas a garota nitidamente ficava mais tempo que o necessário com a mão em cima do corpo dele e isso estava tirando o pequeno Soo de si.

A coisa toda só piorou quando começaram a tirar as roupas no meio daquela tela clara, que evidenciava ainda mais o contato. Kyung apertou os próprios punhos tentando se controlar, e cada clique do fotógrafo o fazia querer voar no pescoço daquela sirigaita que estava se aproveitando do seu amor. "É só um trabalho, é só um trabalho." Repetia para si mesmo, observando sem desviar os olhos, desejando o poder de fulminar viva aquela criatura loira que o tocava de forma tão libidinosa. - Humpf… - bufou baixo em desagrado, contando os minutos para aquele inferno terminar. Kyung não sabia dançar, e ver o namorado fazer aquilo de forma tão majestosa e sensual o fez perceber novamente o quanto precisava crescer para alcançá-lo, para merecê-lo. Viu Seung deitar o rosto no pescoço da menina e nesse instante suas unhas cravaram nas próprias mãos, tamanha força que fazia para se controlar. O jovem sabia o quanto era bom ter o rosto do outro ali, sentir sua respiração batendo quente e agradável contra sua pele, o deixando arrepiado… Afastou os olhos por breves instantes, estava torturando-se ao extremo vendo aquilo, e não fazia o menor sentido, pegou uma garrafinha de água sem se importar que aquele mimo fosse só para os modelos, estava com a boca seca, e se não fizesse algo, diria grosserias a quem não tinha nada com isso.

Quando o inferno acabou, Soo sentiu as mãos do outro o levarem depressa para o camarim, sorriu com o fato da garota estar vendo tudo, e fez questão de passar o braço em torno da cintura do outro durante o trajeto. Ho fechou a porta atrás de ambos e Kyung logo se deixou ser abraçado e beijado da maneira que o outro desejava, sentindo-o tocar os cortes que tinha feito nas próprias mãos, com o forçar das unhas. O beijo era suave, carinhoso, e parecia dizer ao Soo que todo o ciúme dele não tinha fundamento algum. Suspirou em desagrado ao ter o contato rompido pela fala do namorado, mas sorriu abrindo os olhos, sentindo os beijos quentes dele sobre sua clavícula, arrepiando intensamente. - Fale, príncipe. - mordeu o lábio inferior com o contato gostoso, deixando uma nítida careta de desgosto se estampar quando o outro se afastou para pegar algo nos bolsos da calça que estava em um cabide. - Eu fiquei com ciúme, aquela garota estava se aproveitando de vo… - sua fala cessou ao ver o namorado ajoelhar-se, e o objeto brilhante que tinha em mãos, os olhos saltados e o coração acelerado pelo que via, pelo que seu corpo todo sentiu naquele momento. - Anjo… - seus olhos se encheram de lágrimas, e Kyung levou ambas as mãos à boca, surpreendido pelo gesto do seu amor. - Eu… eu... é claro, meu amor, eu te amo! - os braços envolveram o pescoço do outro, sem dar a ele tempo para qualquer coisa, a boca do menor cobriu a do maior em um beijo significativo e doce, uma mistura de lágrimas e sorrisos deixando o jovem completamente perdido nas próprias sensações. Estava feliz, completo, tinha tudo que precisava, se tinha o homem que amava junto de si. Seung podia não saber, mas para Kyu, ele era o mundo, ele era tudo que importava.


BANG KYUNG SOO
Kiss me
or
Kill me
Make me happy now...
Ver perfil do usuário
avatar
Estagiário do Ministério Francês

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Lee Seung Ho em Seg Jul 31, 2017 1:48 am
I Love You

A distancia conseguia ver como o menor estava irritado com a modelo que estava na sessão. O pequeno tinha razão, a ruiva em seus braços não era nem um pouco profissional. Lee sentia-se constrangido com as investidas da mesma durante a dança, o que o fez olhar de forma mais intensa para ela com um brilho de constrangimento no mesmo. Doce demais, era assim que ele caracterizou o perfume da parceira, sem qualquer duvida prefira o perfume de seu pequeno.

O som paralisar foi ótimo, conseguiu se distanciar da moça e conversou com o fotografo. O mais velho lhe avisou que precisaria fazer as fotos solo deles, por tal o modelo pediu que a moça fosse fotografada primeiro pois tinha assuntos a resolver. Sorriu de forma doce para o namorado o levando para o interior do camarim. Teriam pelo menos uma hora e meia sozinho com a princesa dele e conseguir fazer o que tanto precisava. Já dentro do camarim, trancou a porta para garantir que ninguém os atrapalharia.

O beijo era apaixonado e o calor do outro era envolvente e bom, estar todo aquele tempo longe do amado era para enlouquecer qualquer ser humano. Puxou as mãos feridas do outro para a altura dos olhos, notando os machucados feitos pelas unhas suspirou triste. Abrindo a mão do pequeno, beija cada um dos pequenos cortes ali. Gostava de provocar o outro com beijos, mas naquele momento estava mais preocupado em acalmar o mais novo.

Engoliu em seco ao notar a forma que o mais jovem se comportava ao ver a aliança. Arrepios passavam pela coluna do mais velho, Ho estava em desespero pois o outro não respondia. Tremeu as mãos ao ver o amado chorando e com as mãos sobre os lábios, começou a se perguntar se havia feito algo de errado. Quando ouviu o aceite do namorado, ergueu-se num pulo e abraçou o mais novo. Retribuiu ao beijo de forma apaixonada, puxando o menino para o sofá e sentando com ele ali. Queria de todo o coração dar a Soo as melhores e mais belas lembranças dali em diante. Precisava cuidar dele e o faria assim que aquela ultima sessão acabasse, o menor ficaria eternamente ao lado dele fosse o que fosse.

-Minha princesa, não se machuque mais por minha culpa. diz preocupado, voltando a beijar os machucados na mão do namorado. -Hoje a noite vamos comemorar, vou lhe dar um presente. relata tranquilo, abrindo a camisa do namorado para beijar e mordiscar o pescoço e clavículas do outro. -Prometo que não vou mais machuca-lo, hoje foi a ultima vez que viu essa cena. A partir de amanha vou trabalhar com o sr. Kim e nunca mais vai precisar se preocupar com alguém ficando tão próximo de mim.

Trás o mais novo pra mais perto e ficou um longo tempo acariciando os cabelos dele. Beijando a clavícula do mesmo, queria que o menor ficasse mais seguro de si e de suas decisões. Kyung era um dos motivos para o moreno não ter desistido de tudo na vida dele, era um dos únicos motivos para ele ainda estar em pé e lutando. Ficou ali em silencio com o menor no colo um longo tempo, gostava de aproveitar da companhia do outro. Quando ambos quase dormiam juntos no sofá, uma pessoa da equipe foi chama-los e assim o mais velho precisou voltar para o trabalho.

Depois de mais algumas fotos e um longo tempo a sessão acabou e finalmente a carreira de modelo de Lee acabou. Do não perdeu a chance de no final beijar o namorado de forma apaixonada e quente. Um pouco constrangido o mais velho foi para o camarim se trocar, aproveitando para se acalmar um pouco. Ele não ficou vermelho porque foi beijado pelo namorado na frente dos outros, mas sim porque ficou excitado com o jeito provocante e intenso que foi beijado.

Voltaram para casa rapidamente, tomaram um banho tranquilo juntos e antes do jantar particular deles fora da casa da família Kim, Ho surpreendeu o namorado e deu a ele uma delicada roupa feminina. Depois do mais novo se trocar eles saíram em direção ao jantar de comemoração.

[Postagens finalizadas]
◦◦◦



Lee Seung Ho

Idade : 16

Localização : Procura ai

Ver perfil do usuário
avatar
Estagiário de St. Mungus

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum